segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Oração


Ninguém é tão bom que não possa se humilhar
Ninguém é tão sublime que não precise com Deus falar.
Ainda que os maus dias tentem de Ti me afastar,
Preciso vencer o velho homem me revestindo do novo,
E prosseguir em te buscar.
Converter os meus caminhos, só Tu podes fazer.
Mostrar beleza nos espinhos
Refletir a Tua glória em meu viver.
Oh, Senhor! Ensina-me a orar
Com súplicas e ações de graça
Reverência e dependência
E que a fé e o consolo me acompanhem ao dobrar os meus joelhos para te invocar.

KAF-NOVEMBRO/VIC-2013

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Buquê de quatro décadas


















Ter  nas  mãos flores diversas
Imaginário de curtas e longas metragens da vida
Estilo vintage e sensível sob a forma de versos
Misericórdia e encanto do Céu, eternal guarida

As rosas são seletas e com salientes espinhos
Urtigas  transformadas pelo amor
Cachos de gerânios que ressaltam a simplicidade do caminho
Astromélias corais floridas na condição de inventor.

São poucas décadas,porém colecionadas com alegria,suor, dores.
Nas esperança que a Palavra  Divina assegura
E das tribulações, pequenas e vívidas como as  flores do campo
Faz alma quando aflita encontrar respostas no sangue da cruz para sua ventura.

Lutar e vencer, folhas e frutos.
Cantar e perseverar,Margaridas e gérberas
Deus vai aquietando o coração, renovando a força e criando a canção
Para consolidar no Buquê de quatro décadas o seu Reino  e sua benção.

KAF/VIC-2013