sábado, 1 de agosto de 2009

Para a Menina do Violão

A muito ansiava escrever-te
Foram dias e horas a combinar palavras
Explorando sonhos e burilando práticas
Pestana de mãe amiga

Doce Menina-Moça,
O nosso afeto não consiste em mercadoria
É carta de amor com linhas vitalícias
Reprodução harmônica dos pentagramas da vida

A música é tua semente
Violão de som diverso
Semitons com afinação materna
Talento do Autor do Universo.

A luz do teu rosto anuncia a graça deste dom
E as cordas do instrumento que dedilhas,
Misturam-se aos teus cabelos
Contraponto provençal de sentimento

Lembra-te, embora “violar” pareça ser tão simples,
De custo reduzido e transporte fácil
Cada cravelha indica uma dificuldade vencida,
O trasto, é meu abraço em filetes metálicos.

KAF/VIC-2009

@Postagem Coletiva proposta pelo Blog Vou de Coletivo.

10 comentários:

  1. Viola, violão, instrumento de encantos paras os ouvidos.
    Fazer serenata de amor, cantar e tocar ao redor da fogueira. AH!!! como isso é bom.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  2. Mãe amada essa!
    Carta linda e lida ao som do violão.
    Vou de Coletivo de blog em blog lendo cartas...

    Beijo doce.

    ResponderExcluir
  3. Sandra ,

    Temos compartilhado essas delícias em nossa casa.
    Ah! Como Deus é bom!

    Valeu a visita.

    Abraços,

    Kaf

    ResponderExcluir
  4. Nely,

    Que prazer recebê-la nesta morada poética. Imprimistes muito sentimento em poucas palavras. Sentimento que corre nos labirintos desta psiquê.

    Valeu a parada !

    Abraços,

    KAF

    ResponderExcluir
  5. Poetizar é preciso e voce sabe faze-lo. Gostei muito desse poema de amor.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela visita!
    Tenho me aventurado pelo mundo da poesia recentemente, no blog Norte, se puder dê uma visitinha!
    Muito bonita sua participação no Coletivo, brincou muito bem com as palavras!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Kaf,
    continue a semear essas sementes.
    bjs
    li

    ResponderExcluir
  8. Bonito seu poema. Musica e poema formam um casal perfeito.
    abraços

    ResponderExcluir
  9. Expressar o amor em música, sei como é isso...
    Muito bonita sua carta.
    Beijos,
    Ana Lúcia.
    PS: Se quiser ler a minha, lhe servirei um café com satisfação.

    ResponderExcluir
  10. Kaf,
    venho retribuir a sua visita ao meu blog e deixar o meu apreço pelo seu lindo poema em que amor e música andam de braço dado.

    Um abraço de LUZ!

    Clo

    ResponderExcluir

Obrigada por nos visitar.
Poetizar é preciso e embeleza a vida.
Abraços,KAF