domingo, 21 de junho de 2009

Minha Música Meu Momento!


Porque Momentos devem ser vividos intensamente,mas com muita Música!

MOMENTUM

Meu dia a dia é feito de música
Tem muito ritmo, cadência e tom
Toco a vida em uma batida eclética
Do pop gospel a MPB Cristã

Cantar as obras do grande Deus
É respirar acordes sobrenaturais
Em preciosos momentos de "Comunhão"
Permissão para apreciar a graça em meio aos conflitos terrenais

A minha alma tem acesso a doçura do céu
E o silêncio, uma pausa breve para ouvir a voz do Mestre
Expressão afinada de coração rendido
Entrega sonora ao Deus da Música.

KAF -VIC\2009

*Letra da Música dos meus momentos*


Comunhão

Ellen Goreh/ George Stebbins
Preciosas são as horas
Na presença de Jesus
Comunhão deliciosa
Da minha alma com a luz
Os cuidados deste mundo
Não me podem abalar
Pois é ele o meu abrigo
Quando o tentador chegar.
Ao sentir-me rodeado
De cuidados terreais
Irritado e abatido
Ou em duvidas fatais
A Jesus eu me dirijo
Nesses tempos de aflição
Pois só Ele tem palavras
De real consolação.
Ele escuta com paciência
Essa triste confissão
Com ternura repreende
Meu pecado e todo mal
Ele é sempre o meu amigo
O melhor e mais leal.
Se quereis saber quão doce
É a divina comunhão
Poderá mui bem prová-la
E terá compensação
Só procure estar sozinho
Em conversa com Jesus
Sentirá na sua vida
O poder que vem da cruz .

@Postagem Coletiva proposta pelo Blog Orgulho de Ser

segunda-feira, 15 de junho de 2009

"Que Lugar te faz sentir em Casa?"




Anúncio
No meio dos elementos gráficos em escala de cinzas,
Cansado de pertencer as gavetas,Poeta procura casa .
Um anúncio perdido na página de classificados,
Foi a tentativa imediata de conseguir espaço seguro.
Ah! Era preciso morrer serenamente para o odor amadeirado!
Diagramar emoções sob prisma de prelo,
Descortinar sonhos e desabrochar flores n'alma.
Combinar linguagem culta ao box popular viajante,
Sem comprometimento coronariano.
Descompactar virtudes esquecidas em meio as rimas enclausuradas.
Sentir-se em casa!
Pois domícilio de Poeta é coração de leitor.


KAF/VIC-2009

@Postagem coletiva proposta pelo Blog Tertúlia Virtual para o mês de Junho.

sábado, 13 de junho de 2009

Poema Sabático





Manhã de sábado reservada para a beleza das flores
Campana solar em tradução leve de ser verde
Na agenda do poeta, as linhas se misturam ao cheiro da terra
Tecitura celestial em fonema das cores


Encontra rostos surpreendidos por olhares digitais
Mãos e pés reconhecidos pelos sensores primitivos da era informada
Apresentando uma prosódia encabulada em ribalta cordiana
Baseada em metanóia urbana de textos reais



Deveras não sabias que é majestoso o teu quintal,
Capaz de transformar horas em recordação perene
Aliar o imaginário ambiental,
A simplicidade da música regional de letra solene.



KAF-VIC/2009

* Créditos do Título: Primo e amigo William Dias

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Ao Leitor



O limbo da folha em branco absorve os versos
Letras enternecidas acompanhadas de vocábulos sem rimas
Escape da métrica parnasiana em busca do risco
Criação lírica conjugada ao frio desta manhã de Junho

Não tenho caneta bico-de-pena,
Mas minhas mãos abraçam a causa da escrita
Depuram a angústia de garimpar expressões sonoras
E assim, transformá-las em poesia encantadora de tua psiquê.


Há esperança neste mundo desolado!
Sorrisos ao vento, apreço de Inverno
Fondue de belas canções
Metáforas semânticas aconchegantes


Degusta as dádivas póeticas!
São realizações do Criador nesta cachola literata
Distantes de cunho apelativo ou ideologia comprada
Confesso que cativar-te é o objetivo de um labor prazeroso .


KAF/VIC-2009