segunda-feira, 27 de abril de 2009

Nova postagem de Aníver




"Olhe para o céu e na lembrança guarde bem
Decore o brilho da estrela mais querida

Canta o teu canto sob os raios do luar
Demora um pouco pois o sol já vai nascer
Porque os céus hão de passar
E quando a última estrela
De tão sozinha se apagar
Quando ninguém mais se lembrar
De como era a alvorada
Só a Palavra do Senhor é para sempre

Corra pelos campos, suba os montes que puder
Mergulhe em todos os riachos do caminho
Escuta e grava o canto deste Bem-te-vi
E bebe todo verde deste teu país
Porque os céus hão de passar
E quando a última cigarra
No fim do canto arrebentar
Quando ninguém mais se lembrar
De sua flor a mais querida
Só a Palavra do Senhor é para sempre"




-Stênio Marcius-


Lindo presente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar.
Poetizar é preciso e embeleza a vida.
Abraços,KAF