quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Ciranda



"Vamos todos cirandar"
Ciranda da vida é tapete florido
Cigarra, sol, amigos e chuva.
Caminhos e estradas.
Brisa de verão em mês de primavera.


"Vamos todos cirandar."
Pássaro no ninho.
Flores e espinhos .
Amor de mãe e filho.
Anseio Juvenil.


"Vamos todos cirandar."
Ainda que a felicidade seja interrompida por demandas eventuais,
quebrando sem piedade os elos da ciranda.
Triste Descarte's de sentimentos.

"Vamos todos cirandar."
É o mote da roda viva.
Pronto socorro do coração aflito
no afã de exterminar a tirania capitalista em noites de luar.

"Vamos todos cirandar."
Era a cantiga de roda entoada no Recreio
No vai e vem dos solfejos das recordações de infância.
Misto de significados profundos.
Base holística no constructo do ser de cada dia.

"Vamos todos cirandar."
Beija-flor em fila de espera
para dar a meia volta sem interesses .
Simplesmente volta e meia só amar.


Kaf/Dezembro-2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar.
Poetizar é preciso e embeleza a vida.
Abraços,KAF