segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Palavras


Palavras são como flores
Aliviam as dores.
Palavras são como gelatina
Acariciam e fortalecem o paladar.

Composta por oito letras
transformam emoção processual em sílabas.
Destila graça sob a luz dos encontros palavrálicos
Proferidas com sabedoria são convertidas em ouro;
Falsa, é como espada desembanhada
reflete os hiatos do coração.

Nesta noite de sábado as palavras transpiram
Vocábulos poéticos outrora inertes.
Cerceadas por jogos hidráulicos, emergem centelhas de esperança
Motivação notívaga de poeta conquistense.
VIC,Kaf/08/08

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por nos visitar.
Poetizar é preciso e embeleza a vida.
Abraços,KAF